img_am_antenor_mazzuia_escoliose_02

O que é Escoliose?

Postado em 19 de julho de 2016

Escoliose não é uma doença. Simplesmente significa uma curvatura na coluna em uma pessoa perfeitamente saudável. Não é relacionada com fragilidade na coluna, a escoliose também não é infecciosa ou contagiosa, e não se desenvolve por causa de alguma coisa que a criança ou seus pais fizeram ou deixaram de fazer.

A Escoliose geralmente aparece no estirão do crescimento da adolescência, mas também pode afetar crianças menores. Há vários tipos de Escoliose, que variam de curvatura leve a severa. Às vezes pode evoluir bem e melhorar com o tempo. Mas aproximadamente 1 em cada 1000 crianças vai precisar de tratamento.

Você pode fazer um teste em casa para perceber se seu filho tem algum desvio na coluna. É só colocá-lo de costas para você e pedir para que ele curve o tronco para frente mantendo braços e pernas esticados. Se ele tiver alguma curvatura na coluna, você vai notar uma diferença entre os lados na altura do tórax e arcos costais olhando por trás.

img_am_antenor_mazzuia_escoliose_03

Um outro sinal comum que aparece na escoliose é a diferença na altura dos ombros quando observado em pé.  A criança tende a ficar mais inclinada para um lado. E essas diferenças não melhoram com a idade. Podem até piorar, e a escoliose deve ser diagnosticada e tratada adequadamente por um médico especialista.

Mas não se preocupe. Hoje em dia com os avanços da ciência existem tratamentos de sucesso para a escoliose. O melhor caminho é procurar um médico de confiança para uma consulta. Se houver alguma dúvida, seu filho vai ser encaminhado ao especialista, que fará a avaliação completa, o diagnóstico e vai conversar com vocês sobre o melhor tratamento.

Fonte: The Scoliosis Association (UK) www.sauk.org.uk

Dr. Antenor Mazzuia

Médico Ortopedista especialista em tratamento da Coluna (CRMSP: 143598 - RQE: 58117 - TEOT: 13794). Atua nas áreas clínica e cirúrgica, bloqueio da dor, cirurgia minimamente invasiva e por vídeo da coluna. Especialização pela PUCCAMP, fez Fellowship em cirurgia da coluna no Queen's Medical Centre (Nottingham, Inglaterra) e curso em cirurgia endoscópica da coluna lombar pelo American Institute of Telesurgery.